Sonhos de Bébé

Sonhos e desejos de uma mãe



quarta-feira, Junho 28, 2006

Evolução do bebé durante a gravidez

Evolução do bebé durante a gravidez

A futura mamã tem o privilégio de ter dentro de si um novo ser a desenvolver-se. São 9 meses intensos que se revestem de momentos únicos.

É durante os 9 meses de gravidez que o bebé ganha forma e acontece o milagre da vida. Uma pequena célula desenvolve-se dentro do útero da mãe ao qual está ligado pela placenta, órgão fundamental no seu desenvolvimento, pois é através dos seus vasos, do seu cordão umbilical, que vai chegar tudo quanto lhe é necessário. A completar o seu ambiente, o feto vive no meio líquido chamado “Líquido Amniótico”, fonte de informação, de avaliação do seu bem estar e de protecção, até ao nascimento.


Acompanhe esse desenvolvimento passo-a-passo…

No 1º mês (5/6 Semanas)
Ao fim do 1º mês, o seu bebé mede 4-5 mm, pesa menos de 1g e tem o nome de embrião.
A cabeça já se destaca do tronco e podem-se distinguir o esboço dos olhos, das orelhas e da boca, assim como do estômago, do fígado, do pâncreas, dos pulmões, do intestino e do sistema urinário.
Um coração rudimentar começa a bater por volta do 25º dia, fazendo circular o sangue no embrião através de um sistema provisório e autónomo.

No 2º mês
O embrião já tem aparência humana, mede 30 mm e pesa de 2 a 8 g. Os olhos, a boca, as fossas nasais e os outros órgãos formam-se. A cabeça ganha dimensão e os membros desenvolvem-se.
O embrião já começa a mexer os braços e as pernas. O cordão umbilical permite a passagem do sangue da placenta para o bebé, transportando energia e oxigénio.
As estruturas principais do futuro bebé estão no seu lugar e a funcionar.

No 3º mês
O embrião passa a chamar-se feto, mede entre 80 e 100 mm (cabeça - nádegas) e pesa entre 40 e 45g.
A sua cabeça, que constitui metade do seu comprimento total e um terço do seu volume, endireita-se e a face toma um aspecto mais humano. As cordas vocais constituem-se, os braços e as pernas estendem-se e as unhas dos pés aparecem.
Os órgãos genitais externos estão completamente diferenciados, apesar de às vezes não serem visíveis na ecografia.
Os órgãos do sistema digestivo desenvolvem-se mais. O feto abre e fecha a boca para engolir quantidades consideráveis de líquido amniótico.
O coração já se ouve perfeitamente através de ultra-sons e manifestam-se movimentos respiratórios esporádicos.

No 4º mês (20 Semanas)
O seu bebé já mede 15 cm e pesa 240g. Nesta fase, através de uma ecografia, já é possível saber se é menino ou menina.

O corpo do bebé cobre-se de uma espécie de pilosidade, formando na cabeça uma cabeleira provisória.
Os globos oculares executam movimentos lentos e esporádicos. O coração do bebé está no lugar definitivo e bate muito depressa (120 pulsações / minuto).
O bebé navega no líquido amniótico, chupa nos dedos e muda rapidamente de posição.

No 5º mês (24 Semanas)
O feto começa a tomar formas definitivas. Mede 30 cm da cabeça aos pés e pesa 600g.
A pele é vermelha e o corpo dá a sensação de ser muito magro, por ainda não possuir a reserva de gordura subcutânea.
Aparecem as impressões digitais e treina os movimentos respiratórios. Forma-se a parte mais evoluída do cérebro e os alvéolos pulmonares.

No 6º mês (28 Semanas)
Mede entre 30 e 35 cm e pesa de 1000 a 1200g. Já se apercebe da luz, ouve os sons e abre os olhos.
Começa a "exercitar" os músculos, cerrando os punhos e mexendo-se imenso todos os dias.
Possui todos os órgãos necessários à vida e engole 3 a 4 litros de líquido amniótico.

No 7º mês (32 Semanas)
O bebé mede cerca de 40 cm e pesa cerca de 1700g.
Começa a ficar rechonchudo e os seus olhos abrem e fecham, apesar de não verem mais que a obscuridade.
Os cabelos tornam-se mais abundantes e a sua pele enrugada.
Os 5 sentidos estão bastante apurados e o bebé não está mais do que 1 hora sem se mexer.

No 8º mês (36 Semanas)
O bebé aumenta consideravelmente de peso, cerca de 800g, ficando com aproximadamente 2,5kg e com 45 a 47 cm de comprimento.
Este aumento de peso corresponde a um confortável panículo adiposo destinado a protegê-lo do frio após o nascimento.

No 9º mês (40 Semanas)
No decorrer deste mês, o bebé aumenta todos os dias mais de 30g, pesa em média 3,3kg e mede 50 cm.
O espaço no útero já é reduzido e o seu crescimento é muito mais lento.
O seu crânio ainda não está completamente solidificado, podendo inclusivamente mudar de forma durante o parto.
Assemelha-se bastante ao recém-nascido que vai ser, estando já pronto para o grande acontecimento.



10 Comments:

Enviar um comentário

<< Home